Candido José de Senna
(1843 - 1910)

Nelson Coelho de Senna (Nelson de Senna)

Serro, MG, 11 out 1876

Belo Horizonte, MG, 2 jun 1952

 casou-se com Emilia Gentil Horta Gomes Candido

Irmãos:
Candido de Senna 1o (1875 - 1877)
Maria Emilia Senna (1878 - 1883)
Candido de Senna 2o (1879 - 1879)
Agenor de Senna (1880 - 1883)
Antenor de Senna (1882 - 1883)

Meios-irmãos:
Polycarpo de Senna Normanha (1863 - 1922)
Anna Angelica Normanha de Senna (1873 - 1934)

"Dr. NELSON COELHO DE SENNA

O povoado, em 1881, contava com seis anos de fundacao, quando ali chegou o seu primeiro professor, CANDIDO JOSE DE SENNA, para instalar e reger a escola do sexo masculino. Estava acompanhado de sua familia, de que fazia parte o seu filho NELSON, entao crianca de cinco anos de idade incompletos.

O Arraial foi fundado em 1875 e NELSON DE SENNA nasceu em 1876, na Cidade do Serro. Passou a infancia e a adolescencia na localidade em formacao. Fez o curso primario com os seus pais e iniciou o curso secundario com seu irmao POLICARPO. Ao completar 15 anos de idade, seguiu para Diamantina, matriculou-se na Escola Normal e diplomou-se em 1893. Em 1894, dirigiu-se para Ouro Preto onde completou os seus "preparatorios" e matriculou-se na Faculdade de Direito. Tinha grande pendor para o professorado. Com 20 anos de idade, ainda estudante, foi nomeado professor substituto da Cadeira de Historia Universal e do Brasil, no Externato do Ginasio Mineiro e, decorrido um ano submeteu-se a concurso, foi aprovado com distincao e nomeado lente-catedratico desta Cadeira, que ocupou ate o ano de 1934, quando se aposentou com 38 anos de magisterio.

Fundada a Escola de Engenharia de Belo Horizonte, nela ingressou como professor-substituto da Cadeira de Economia Politica, passando a catedratico em 1919.

Exerceu o jornalismo, desde os tempos escolares, em Diamantina e Ouro Preto, onde fundou, respectivamente, os quizenarios "Aprendiz", em 1893, e "Academico", em 1897. Colaborou intensamente nos jornais de Belo Horizonte e Rio, assim como em revistas nacionais e estrangeiras.

Escreveu cerca de 70 livros opusculos e folhetos, entre os quais podemos citar o "Anuario de Minas Gerais", que dirigiu no periodo de 1906 a 1918, notavel repositorio de dados da historia, corografia, estatistica e literatura de Minas Gerais.

Ingressou na carreira politica em 1907, quando era Presidente do Estado, JOAO PINHEIRO, tendo sido eleito Deputado Estadual pela circunscricao do Nordeste e Leste do Estado, regiao de que faria parte o Arraial de Sao João Evangelista. Gracas `a sua atuacao, na Assembleia e junto ao Governo do Estado, este Arraial, em 1912, passou a ser Vila e sede do municipio, tendo este sido instalado em 1o. de junho de 1912.

Em 1922 foi eleito deputado federal pela mesma regiao. Teve papel destacado nas diversas legislaturas, ate o ano de 1929, quando, eleito por grande votacao, foi depurado por parecer faccioso e politico daquela Camara. Sobrevindo a revolucao de 1930, abandonou a politica e dedicou-se ao trabalho de professor, historiador e escritor.

O Municipio de Sao João Evangelista sempre lhe dedicou grande estima e reconhecimento pelos servicos a ele prestados. Naquela cidade, a Rua principal chama-se NELSON DE SENNA, e um dos seus ditritos, Sao Sebastião dos Pintos, passou a denominar-se Vila NELSON DE SENNA. No Grupo Escolar local, há uma Biblioteca e um Gabinete de Leitura com o seu nome. Era membro da Academia de Letras de Minas Gerais, do Instituto Historico e Geografico de Minas Gerais e de vários outros institutos.

Quando bacharelando da Faculdade de Direito, em Ouro Preto, casou-se, em 12 de dezembro de 1896, aos vinte anos de idade, com EMILIA GENTIL HORTA GOMES CANDIDO, natural de Mariana e filha do Comendador ANTONIO GENTIL GOMES CANDIDO."...

Em todas as fases de sua vida, NELSON DE SENA dedicou um especial carinho `a terra onde passou a infancia e a adolescencia, acompanhando de perto a evolucao do seu desenvolvimento, desde os primeiros dias de sua fundacao." A MATA DO PECANHA, páginas 121-2, I edicao, 1966.

Sobrenome Coelho
Sobrenome Sena

Informações fornecidas por Valquirio de Magalhães Barbalho
Fonte: informações extraídas do livro Arvore Genealogica da Familia Coelho, de: Ivania Batista Coelho
Árvore genealógica Parentes próximos Descendentes Famílias às quais pertence

Emilia Gentil Horta Gomes Candido (Milota)

Mariana, MG, 1875

Falecida.

 casou-se com Nelson Coelho de Senna

Sobrenome Gentil
Sobrenome Horta
Sobrenome Gomes

Informações fornecidas por Valquirio de Magalhães Barbalho
Fonte: informações extraídas do livro Arvore Genealogica da Familia Coelho, de: Ivania Batista Coelho
Árvore genealógica Parentes próximos Descendentes Famílias às quais pertence
Tiveram 7 filhos.
Caio Nelson de Senna (1898 - 1963)Mucio Emilio Nelson de Senna (1900 - 1938)
Yolanda Consuelo Nelson de Senna (1901 - ?)Maria Emilia Nelson de Senna (1903 - ?)
Fabio Nelson de Senna (1904 - 1964)José Flavio Nelson de Senna (1905 - ?)
Lucio Octavio Nelson de Senna (1906 - 1964)